Período de Adaptação

E quando chega o período de adaptação?


Para a criança é difícil o fato de ter que se separar dos pais, de ficar desprovida do convívio familiar ao qual já estava habituada, mesmo que por algumas horas apenas, para passar a frequentar um novo espaço e lidar com novos desafios.


Tudo isso acaba por provocar a ansiedade, o medo, à insegurança. A forma pela qual muitas crianças manifestam os seus medos é através do choro, e isso é considerado normal por professores e estudiosos na área da Educação Infantil. Nesse momento a ajuda dos pais é fundamental, é importante que ao ver o choro do filho não o leve de volta para casa, pois agindo dessa maneira irá prolongar ainda mais o processo de adaptação, outro aspecto importante também é vir buscá-lo na escola no horário combinado. É importante salientar que já existiram casos de pais que esqueceram o filho na escola e que este fato poderá criar um trauma irreparável na vida escolar da criança.


* Cautela na separação


A despedida é um passo inicial decisivo para o processo de adaptação na educação infantil. Os pais devem entender que é normal a criança chorar. Por isso, é fundamental que eles se despeçam com tranquilidade e muito carinho.

 


Se a criança perceber que os pais também ficam inseguros, isso poderá aumentar a sensação de abandono e desespero, o que pode prejudicar muito a relação dela com a escola

 


 – Em casa, mantenha a rotina da criança e evite mudanças;

– Evite fazer comentários sobre a adaptação da criança em sua presença;
– Nos primeiros dias de aula, conduza o filho caminhando, e não no colo, até a professora. Isso facilita a despedida;
– Evite sair escondido e se despeça de forma natural;
– Se a criança chorar, calma! Explique que voltará para buscá-la, demonstrando tranquilidade e segurança;
– respeitar o horário de entrada e saída estipulado;
– em caso de dúvida ou insegurança, procurar a equipe da escola.